top of page
  • Foto do escritorVisite Campinas

Dia Internacional da Mulher ganha relevância no calendário do setor e presença feminina cresce na produção de flores e plantas

Da mesma maneira que o Dia Internacional da Mulher ganha protagonismo no calendário do mercado brasileiro de flores e plantas ornamentais, representando hoje 8% do faturamento anual do setor, cresce também a presença de mulheres nos campos de produção. Hoje, dentro do agronegócio, a floricultura é o segmento que mais emprega mulheres. Nos sítios dos produtores que comercializam seus produtos no Ceaflor, 41% dos postos de trabalho são ocupados por mulheres, nas mais diversas funções.


Nos dias de feira, a partir do Ceaflor saem cerca de 750 caminhões que levam as flores, plantas e acessórios para os quatro cantos do país. E nesta cadeia há também uma forte representação feminina no mercado varejista e de decoração. Írismara Souza Portela Grande é proprietária da Floricultura Azaléia, situada em Caraguatatuba/SP, e toda semana ela vem para o Ceaflor para abastecer o seu negócio. Acompanhada pelo marido, ela viaja na terça-feira dirigindo o próprio caminhão, para no dia seguinte cedinho, às 6h30, fazer suas compras, carregar o caminhão e fazer o caminho de volta.


 Homenagem para as mulheres que trabalham com flores


 O Dia Internacional da Mulher 2024 está sendo comemorado em grande estilo no Ceaflor, por meio de uma ação inédita. Nas semanas que antecedem a data, o público feminino que circula no mercado está sendo espontaneamente fotografado em momentos do seu trabalho: comprando, dirigindo um caminhão ou vendendo produtos nos boxes do Ceaflor. O registro é feito com uma câmara polaroide, e, imediatamente após, a foto é entregue à homenageada, juntamente com uma rosa e uma mensagem de felicitações pela data. Esse movimento está sendo gravado e postado no Instagram do Ceaflor (@ceaflor), sempre que a homenageada autoriza.


“Comercialmente, o Dia da Mulher ganha relevância cada vez maior, mas queremos também homenagear o público feminino que atua no segmento e faz essa roda girar. Nossa proposta é dar visibilidade ao dia a dia de trabalho delas em nosso mercado”, destaca Antonio Carlos Rodrigues, presidente do Ceaflor.


Fonte: Ateliê da Noticia

7 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page